Sem categoria

Equipe à Serviço do Setor Juventude participa do XIV Encontro Nacional de Responsáveis Diocesanos de Juventude em Brasília

XIV ENRDJ reflete sobre a mística e a espiritualidade da evangelização juvenil

Nos dias 07 e 08 de setembro, foi realizado em Brasília (DF), o XIV Encontro Nacional de Representantes Diocesanos da Juventude – ENRDJ. O Serviço de Evangelização da Juventudo, do Regional Sul 3 da CNBB, marcou presença com assessores jovens e adultos das Arqui/Dioceses de Porto Alegre, Osório, Caxias do Sul, Pelotas, Rio Grande e Montenegro. Nossa diocese estava representada por parte da equipe à serviço do Setor Juventude, Padre Referencial da Juventude, Marciano Guerra, pelas assessoras Elisângela Vieceli e Kely Garcia, e pela articuladora Marina Cioato.

O encontro teve como tema central “A mística e a eclesiologia de Papa Francisco. Que mística e eclesiologia devem animar a ação pastoral com os jovens e o Projeto IDE?” e foi assessorado pelo Monsenhor Antônio Luiz Catelan Ferreira, membro da Comissão Teológica Internacional e da Doutrina da Fé, da CNBB.

Também participaram do encontro Dom Vilsom Basso, presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a juventude – CEPJ, Dom Antônio Emídio Vilar e Dom Nelson Francelino Ferreira, membros da CEPJ e Padre Antônio Ramos (Pe. Toninho), assessor nacional da juventude. O XVI ENRDJ contou com a presença de 168 participantes, de várias (Aqui) Dioceses do Brasil, que puderam, além de partilhar experiências dos trabalhos de evangelização da juventude, ouvir sobre a mística e a espiritualidade que deve envolver as iniciativas missionárias para os jovens. “Tomo como pressuposto que entre a eclesiologia do Papa Francisco e sua espiritualidade existe uma relação muito estreita: Sua espiritualidade é sua eclesiologia vivida no nível da profundidade, dos valores e das convicções”, afirmou Monsenhor Catelan.

O assessor do XIV ENRDJ também refletiu sobre o sínodo dos Bispos que acontecerá em outubro e tem como tema “os Jovens, a fé e o discernimento vocacional”. “Espera-se que depois do sínodo a Juventude continue ocupando uma posição central na atenção da Igreja, que de um certo modo se efetive mesmo aquilo que a conferência de Puebla há 40 anos atrás apregoou com a opção preferencial pelos jovens”, concluiu.

A equipe de Comunicação da Coordenação Nacional da Pastoral Juvenil, lançou no XIV ENRDJ o aplicativo “Jovens Conectados”. No app, estão disponíveis todas as notícias e os artigos do Portal JC, além das informações sobre os trabalhos da Pastoral Juvenil, como o projeto IDE e os cursos de capacitação para assessores e lideranças jovens. O aplicativo “Jovens Conectados” está disponível para os sistemas Android e IOS, e pode ser baixado gratuitamente.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s